Como escolher um servidor dedicado

Manter um site no ar com um tráfego intenso pode ser complicado na hora de oferecer uma navegação tranquila para uma quantidade grande de usuários. Se a aplicação consome muita memória ou se a finalidade é ter um site com uma quantidade de acessos mais elevada, você pode estar precisando de um servidor dedicado.

Os servidores são computadores nos quais os dados dos sites ficam armazenados, tarefas que exigem grande complexidade e para uma melhor performance é necessário um upgrade. Sites que frequentemente caem no momento de maior necessidade e intensidade de acessos, ferramentas que não funcionam na hora do envio de vários e-mails marketing simultaneamente e até hospedar uma intranet na empresa são demandas que ficam mais difíceis de serem realizadas em modalidades mais econômicas de hospedagem (como VPS ou servidores compartilhados). Com um servidor dedicado, seu site têm um espaço exclusivo, sem ter a necessidade de dividir com outros usuários. Podemos até comparar os dois tipos de servidores com meios de transportes. O servidor compartilhado seria um ônibus: transporta mais passageiros e demora mais para chegar aos lugares. O dedicado seria um carro particular, transportando menos gente e chegando muito mais rápido ao destino. Confira alguns pontos para serem analisados na hora da escolha de um servidor dedicado ideal.

Estabilidade

Além de ampliar o armazenamento e flexibilizar e otimizar o site, um bom servidor dedicado deve oferecer estabilidade. A empresa que oferece o serviço precisa garantir que o sistema seja altamente disponível e continue em funcionamento com uma rede de computadores e ambiente de TI caso aconteça alguma falha de sobrecarga ou qualquer outro tipo de incidente. De nada adianta possuir um servidor exclusivo se ele não funcionar na hora de maior necessidade.

Sistema operacional

Outro ponto importante na hora da escolha do melhor servidor dedicado é o seu sistema operacional. Os mais conhecidos são o Windows,(da Microsoft) e o Linux (o mais popular).

CPU

CPU é a sigla de “Central Process Unit“, que no português seria “Unidade Central de Processamento”, que é o cérebro do computador por ser responsável por realizar os cálculos computacional. A maioria dos servidores contêm mais de uma CPU com o objetivo de ser capaz de realizar múltiplas tarefas ao mesmo tempo. Fora a quantidade de núcleos de processamento, para obter o melhor desempenho deste hardware, também é preciso se atentar à velocidade do processador.

Memória RAM

Também com sigla em inglês, RAM (Random Access Memory) que significa “memória de acesso aleatório”, esse é um fator essencial para que os os sites e aplicações funcionem com maior estabilidade e velocidade. Então, quanto maior for a quantidade de memória RAM, melhor o computador lida com as tarefas que precisam ser executadas.

Espaço de armazenamento

Se a sua aplicação tiver como objetivo gerar e armazenar muitos dados, é necessário bastante espaço em disco para que o servidor escolhido funcione com regularidade. Há, porém, dois tipos de tecnologia que são utilizadas no armazenamento em disco: os SSDs (Solid State Drive) e os HDDs (Hard Disk Drive).  O SSD é uma tecnologia mais moderna e possui uma velocidade de leitura e gravação muito mais veloz, mas também tem preços mais altos. O HDD normalmente são mais econômicos e inferiores em questão de desempenho.

Limites de Tráfego

Os dados de tráfego mensal precisam ser acompanhados de perto na hora da escolha do servidor dedicado, ja que algumas empresas limitam o consumo de banda. Isso é medido pela quantidade de troca de dados tanto de saída (download) quanto de entrada (upload) e deve-se tomar cuidado para não ultrapassar o limite do plano mensal que é utilizado para essas transferências, já que algumas  empresas cobram um custo adicional quando isso ocorre.

Painel de Controle

O painel de controle é uma aplicação que possibilita controlar uma série de tarefas do servidor para a hospedagem de sites. Fazer uploads dos arquivos do seu site, instalar aplicações, criar e manejar contas de e-mail e administrar planos e domínios são alguns pontos possíveis de serem gerenciados através do painel de controle que podem facilitar muito as tarefas diárias. Os painéis mais comuns são o cPanel/WHM, que vem com o Linux, e o Plesk. Quando o servidor não for gerenciado, o painel de controle não é incluso, e então é necessário instalar a aplicação.

IP Dedicado

Não ter um IP dedicado significa que a sua conta de hospedagem compartilha o seu endereço IP do seu servidor com outras contas de hospedagem. Isso pode ser bem ruim se você possuir um site com tráfego intenso, já que ele afetará diretamente no funcionamento das suas transferências (downloads e uploads) dentro da sua página da internet.

Outro quesito é a segurança. Os IPs são exclusivos são mais seguros já que seu site vai possuir uma “identidade” única sem risco de ser associadas com outros sites que tenham intenções maliciosas.

Suporte ao Cliente

O usuário nunca acha que vai precisar desse tipo de atenção até ter um problema que não sabe resolver. Com os servidores dedicados, um suporte técnico de qualidade é essencial, já que a empresa pode oferece um atendimento personalizado e qualificado para o seu caso. Coisas para ficar atento é se a assistência funciona todas as horas do dia e todos os dias do ano – incluindo feriados como natal e ano-novo que podem ser os dias de maior acesso. Os meios de atendimento podem variar, mas os serviços oferecidos podem ser do tipo chat, telefone, e-mail (inclusive com várias línguas, caso a empresa seja uma multinacional).

Melhores Servidores Dedicados de 2021

Bluehost

Para usuários avançados que desejam contratar um serviço de hospedagem com servidor dedicado, Bluehost é uma das primeiras empresas levadas em consideração. Todos os servidores gerenciados pela empresa estão localizados em território norte americano e utilizam processadores Intel de 4 CPUs variando apenas na velocidade de processamento (de 2.3GHz nos planos mais económicos até 3.3GHz).

Quanto ao armazenamento, o consumidor pode escolher entre 500GB e 1TB de SSD, sempre com a possibilidade de upgrade. Memória RAM varia entre 4 e 16GB, e banda larga tem diferentes limites dependendo do plano contratado.

Ver Planos